Qual a diferença de pequena empresa e startup?

O termo Startup se tornou frequente ao falar sobre empreendedorismo, mas ainda há confusão sobre sua definição. Neste post vamos falar sobre a diferença entre uma empresa startup e uma pequena empresa com modelo de negócio tradicional.


A partir dos anos 1990, houve a primeira grande onda de valorização das empresas online, o termo começou a caracterizar empresas enxutas, associadas a algo inovador, que estão no início de suas atividades, mas que conseguem crescer rápido graças à tecnologia.


Há uma diferença grande entre uma pequena empresa, com modelo de negócios tradicional e uma startup, com modelo de negócios escalável.


Neste texto, vamos explicar a diferença entre startup e pequena empresa, o que faz uma empresa startup realmente ser uma startup, abordar como é o funcionamento desse tipo de companhia e também falar porque nem toda pequena empresa pode ser chamada de startup.


Pequena Empresa

Uma pequena empresa, que pode estar no seus primeiros dias, ou já há algum tempo no mercado, é uma empresa cujo faturamento bruto anual não pode ser superior a $ 360.000,00.

Só que o aspecto marcante que define essas empresas como pequenas é que elas operam em um modelo de negócios tradicional. Ou seja, quando desejam aumentar receita (e crescer), precisam aumentar os custos da mesma forma, sejam eles quais forem – mão de obra, aluguel, fornecedores.

Na prática, essas organizações requerem grandes gastos para gerar grandes receitas, resultando em margens de lucros limitadas e crescimento orgânico mais lento.

Empresa Startup

Segundo Steve Blank, empreendedor em série e um dos precursores do movimento Lean Startup (Startup Enxuta):

“Startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável”.

Note que a palavra escalável tem um peso muito importante ao falar sobre esse tema.

Isso se deve à capacidade desse tipo de empresa em aumentar o número de clientes, e, portanto, sua receita, a uma taxa acelerada, sem que seja necessário aumentar seus custos de uma forma proporcional.

Conclusão

Empresa startup implementa um modelo escalável e opera em um mercado enorme, com o objetivo e capacidade de inovar e crescer aceleradamente.

Já uma pequena empresa opera um modelo de negócio tradicional, em mercados menores geralmente e foca em pagar seus custos, gerando um pouco de lucro para seus donos.

Empresas startups alcançam seu potencial por passar por várias rodadas de investimento ao longo dos anos.

Pequenas empresas começam com um capital inicial dos sócios e a meta é que a empresa pague os custos limitados assim que possível.

A economia de um país precisa tanto de empresas startups quanto de pequenas empresas, mas é só o primeiro que é realmente interessante para um investidor.

Pela característica de crescimento acelerado e o potencial de exit, comprar equity em startups é uma opção interessante para a diversificar investimentos.

7 visualizações0 comentário

Sisgama 2018 - Todos direitos reservados.

Desenvolvido por: Uniccorp