Afinal, o que é um Hub de Inovação?

Antes de começarmos a falar propriamente sobre os hubs, é importante comentarmos sobre um equívocos que costumam ocorrer na definição de hub, pois algumas pessoas consideram hub e ERP sinônimos. Essas duas soluções podem estar interligadas, mas não são a mesma coisa.


Conexão de comunicação on-line da rede global - Direitos de Imagem Freepik

Um ERP trabalha na gestão de uma empresa, auxiliando, por exemplo, na emissão de notas fiscais, no controle de contas a pagar e a receber, ou seja, na administração do negócio como um todo, e faz a integração de diferentes ferramentas usadas para essas finalidades.


O que é Hub de Inovação?

Um Hub de Inovação é um sistema de integração com tecnologias internas e externas no fornecimento de soluções avançadas. Diferente do que dizem muitas instituições que descrevem que um hub de inovação se resume em um espaço físico nos quais empresas jovens — as startups — possam colocar em prática as suas ideias inovadoras.


Identificamos um Hub de Inovação por sua característica de integração com novas tecnologias das comunidades atuantes que se comunicam através de uma Interface de Programação de Aplicativos - API.

O hub, por sua vez, está centrado nos marketplaces. Ele possibilita atividades como cadastramento de produtos nos marketplaces, controle, gestão e análise de conflitos, entre outras funcionalidades muito interessantes.

E qual a importância em utilizá-lo? Cada marketplace tem seus pré-requisitos para adesão e padrões que devem ser seguidos para permanecer nele. Portanto, ações como cadastramento correto dos produtos são essenciais para se manter ativo em uma plataforma desse modelo.

A parceria com múltiplos marketplaces, ao mesmo tempo em que pode resultar em mais vendas, significa necessidade de mais estoque e controle sobre tudo o que acontece em sua loja. Isso, num cenário ruim, pode levar a erros na sua gestão, sobretudo se conta com uma equipe pequena.

Isso é ainda mais preocupante se for um negócio de uma pessoa só. Realizar esse trabalho com excelência ficará praticamente impossível se você precisar fazer todos os processos de forma manual.

Se você já atua em marketplaces, sabe que, no momento do cadastro, eles solicitam que se informe o uso de alguma plataforma integradora. Posteriormente, em caso de aprovação, você precisará cadastrar seus produtos. Ao usar o hub, será possível espelhar todos os seus anúncios — ou apenas os que desejar — na conta recém-criada.

Além disso, um bom hub de inovação permite sincronização em caso de mudanças de preços e criação de regras de preços diferenciados, pois há situações em que você pode querer fazer uma promoção em um site apenas, por exemplo.

Tudo isso que estamos falando acaba por tornar as rotinas mais automatizadas, o que gera economia de tempo e esforço nos trabalhos mais operacionais abre mais espaço para a criação de estratégias de crescimento, melhora o relacionamento com os clientes e a gestão no nível mais pessoal.

Mesmo no pós-venda, dependendo da ferramenta, o hub facilita sua vida: ele pode realizar análises das vendas em cada marketplace, relatórios de performance — como quais produtos são mais vendidos em qual lugar —, além de permitir que você filtre as buscas de acordo com as informações que deseja em dado momento.

Se tivéssemos que resumir em três palavras o hub de inovação, seriam descentralização, sincronização e segurança.


Existem plataformas que têm como recurso nativo a possibilidade de integrar os marketplaces com a loja e gerenciar tudo de apenas um lugar. Isso acaba por dispensar custos adicionais, o que é um excelente incentivo para quem está buscando crescer.

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do grupo da comunidade no Facebook com especialistas em startups e outros negócios empresariais e envie sua pergunta.

18 views
Sisgama.com
Sisgama.com